Header Ads

Depois de polêmicas, Joás de Brito é eleito novo presidente do Tribunal de Justiça

joas-de-brito-pereira-filho_12_12_07_-28Após muita polêmica em torno da liminar da desembargadora Maria das Graças determinando o adiamento da eleição da Mesa Diretora do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), o desembargador Joás de Brito foi eleito presidente do TJPB, na manhã desta quinta-feira (22), com 10 votos,para o biênio 2017/2018..
O desembargador Saulo Benevides também disputava à presidência, mas não obteve nenhum voto. O desembargador Romero Marcelo se absteve de votar.
Também com 10 votos, os desembargadores João Benedito e José Aurélio foram eleitos, respectivamente, vice-presidente e corregedor-geral do TJPB.
Eleito, Joás disse que a eleição de hoje mostrou que o Tribunal está dividido e vai lutar para. “Vou tentar reconciliar este Tribunal, ficou claro para a imprensa que há uma divisão. Essa divisão é boa para o Tribunal. Tenho ao meu lado pessoas coerentes, que vão me ajudar a pensar”, afirmou.
Com relação a medidas administrativas, o desembargador disse que primeiro irá se inteirar das ações do Tribunal.
Liminar
A sessão desta quinta para escolher o futuro presidente do Tribunal foi marcadav pela polêmica em torna de uma liminar da desembargadora Maria das Graças, que acatou mandado de segurança impetrado pelo desembargador Fred Coutinho, contra a realização de eleições da Mesa Diretora antes do final do recesso forense, que acaba em seis de janeiro de 2017.
A decisão da magistrada foi longamente discutida. O presidente do TJPB, Marcos Cavalcanti, disse que Maria das Graças não poderia determinar o adiamento, pois já tinha impedimento neste sentido, mas, mesmo assim, levou a questão para deliberação do Pleno do Tribunal e a decisão da magistrada foi derrubada. Com informações do maispb.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.