Header Ads

ÁUDIOS: Ex-vereador que denunciou corrupção no Governo RC fala de “roubalheira geral”

O fantasma está de volta. Em outubro do ano passado, o então vereador Renato Martins assombrou o feudo girassol, denunciando um pesado esquema de corrupção, que teria bancado, entre outros, a eleição de vários vereadores. Ele ainda citou a secretária Livânia Farias (Administração) e a deputada Estela Bezerra, além dos vereadores eleitos.

Todos prometeram processar Renato. Mas, ficou apenas na promessa. Especialmente após o próprio Renato sinalizar com uma retratação meia boca, que nem desmentiu, nem deixou de amenizar suas denúncias contra integrantes do Governo Ricardo Coutinho. Provavelmente por isso, ele manteve sua companheira, Cecília Ielpo do Amaral, na Chefia de Gabinete da Secretaria de Educação do Estado.

Mas, há poucos dias, Renato voltou a assombrar os girassóis, e ocorreu coincidentemente após a demissão de Cecília Ielpo. Com uma postagem nas redes sociais, Renato foi enigmático, mas talvez nem tanto…

“Num órgão estratégico da sociedade onde a roubalheira sem freio e despudorada de acordo absurdos reinam. E precisam parar. Os honesto são punidos. Numa lógica invertida. Todas as estâncias (não seriam instâncias?) da federação e a população precisam ficar atentas às inversões de valores. A verdade precisa se sobrepor… Adelante.”. Foi o seu recado, para alguns mais do que eloquente.

Áudios – Nos áudios que vazaram na Internet, em outubro, Martins denuncia a “corrupção de Livânia que bancou a campanha de Tanilson”,filho do deputado Edmilson Soares. Segundo ele, tudo somado “ao roubo que Tibério (Limeira) fez, ele e Estela (Bezerra), eles que saquearam o dinheiro do Estado ao longo de quatro anos, inclusive com Kroll, com uso de muita tecnologia, inclusive vendendo laboratório para a Educação.”

Mais: “E vendendo aparelhos de nota fiscal pra órgãos comerciais. Estabelecimentos comerciais foram obrigados a trocar o aparelho de R$ 500 por R$ 3 mil, comprando de empresas ligadas à Kroll, com o intermédio da deputada Estela Bezerra, deputada corrupta, e, claro, uma deputada corrupta fez um vereador corrupto pra poder ter silêncio na Câmara (Municipal)”.

E ainda mais: “Tanilson, recebendo dinheiro de Livânia, que é a corrupta-mor chefe da corrupção dentro do Estado. E ai você tem, correndo por fora, Tanilson que tem um dinheiro próprio, com Léo Bezerra que saqueou a Saúde, saqueou o Detran com as Casas Lotéricas”.

A verdade é que as declarações atribuídas a Renato Martins, mesmo de alta octanagem, muito graves e envolvendo altos escalões do Governo Ricardo Coutinho, passaram em branco por parte do Ministério Público e da Justiça.

CONFIRA OS ÁUDIOS…

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.