Header Ads

Líder e auxiliares de Ricardo são denunciados pelo MPF por farsa

O procurador Regional Eleitoral, Marcos Alexandre Queiroga, denunciou o deputado Hervázio Bezerra (PSB), os jornalistas Célio Alves e Sales Dantas e os advogados Fábio Rocha e Celso Fernandes, no processo relativo a uma possível compra do apoio de prefeitos pelo então candidato ao governo do Estado, Cássio Cunha Lima (PSDB) nas eleições de 2014.

Na época, aliados do governador Ricardo Coutinho (PSB) teriam ligado para o prefeito de Caiçara, Cícero Francisco (PSB), se passando por um assessor de Cássio e oferecido dinheiro para que ele aderisse à candidatura do tucano.

“Os denunciados tinham conhecimentos de que se tratava de um trote e de que não existia qualquer outra prova em relação aos fatos que ali divulgaram. Ainda assim, tomaram os eventos como se verdade fossem para efeito de divulgação ao público pouco se importante com a efetiva veracidade deles, nitidamente assumindo o risco de denegrir a imagem dos candidatos com a divulgação de condutas que seriam inexistentes. Tudo isso como o firme propósito de prejudicar a campanha dos adversários”, argumenta o procurador.

A conversa foi gravada e divulgada durante uma coletiva de imprensa na sede da Associação Paraibana de Imprensa, em João Pessoa.

De acordo com o processo, a ligação foi planejada por Hervázio e executada por Sales Dantas, com apoio de Célio Alves, então secretário-executivo de Comunicação do Estado, e dos advogados.

Na decisão, o procurador argumenta que os acusados conheciam a inverdade do material e, como forma de ‘influenciar o eleitorado’, propagaram à imprensa.

Segundo o procurador, os denunciados infringiram artigos do Código Eleitoral e do Código Penal.

Redação com MaisPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.