Header Ads

Deputado se irrita com cena de “Malhação” e protocola representação contra a Globo

Deputado se irrita com cena de "Malhação" e protocola representação contra a GloboUma cena de “Malhação – Viva a Diferença”, da Globo, exibida no capítulo de terça-feira (30), irritou a Polícia Militar de São Paulo e os deputados federais Major Olímpio (SD-SP) e Capitão Augusto (PR-SP).

Olímpio protocolou uma representação na Procuradoria Geral da República contra a emissora por exibição da cena em que um PM faz uma abordagem racista. O Major diz no documento que a rede viola os artigos 220 e 221 da Constituição ao “veicular programa ofensivo à instituição pública com caráter discriminatório e de estímulo a práticas racistas contra pessoa de origem oriental e negra”.

Em um vídeo publicado no Facebook, o deputado afirma que “as cenas estão induzindo a população de que os policiais são criminosos, preconceituosos, em relação a raça, a cor, que são violentos e que são corruptos recebendo propina. Fomos ao Ministério das Comunicações porque a Rede Globo tem concessão pública para operar o veículo de comunicação. E protocolamos aqui na procuradoria pelos crimes manifestados”.

Já a Polícia Militar publicou uma nota que repudia a maneira como o canal retratou a corporação. “A Polícia Militar do Estado de São Paulo repudia, com total indignação, a cena veiculada na novela ‘Malhação’ […] na qual dois jovens personagens foram abordados por um policial militar, com figurino semelhante ao utilizado pela PM paulista, que os tratou de forma discriminatória e racista. Ao contrário da cena reportada, a Polícia Militar segue fielmente os princípios constitucionais e basilares do respeito aos Direitos Humanos […]”, afirma o comunicado.

A PM informou ainda que a cena “generalizou toda uma Instituição, formada por pessoas dignas, mães e pais de família, que trabalham em São Paulo, diariamente chamados e reconhecidos pela nobreza das ações que realizam”.

No episódio em questão, policiais militares abordam Anderson (Juan Paiva) e Tina (Ana Hikari), que estavam em uma moto, e começam um diálogo. Entre as frases abordadas estão: “O negão está falando aqui que namora com a japinha” e “Não estou falando contigo rapaz e mano é gente da tua cor”.

Em nota, a Globo informou que não tem conhecimento sobre a representação e que a novela é uma obra de ficção, ou seja, “recria, livremente, situações que podem ocorrer na vida real, buscando apenas tecer o pano de fundo para suas histórias”.
Não recebemos a representação citada, tomamos conhecimento apenas pela imprensa. A atual temporada de ‘Malhação’, chamada ‘Viva a Diferença’, se propõe exatamente a discutir as diferenças culturais, sociais, de opiniões, de raça, tão presentes no Brasil. A trama explora as dificuldades e as belezas da convivência de pessoas tão diferentes e fala sobre respeitar a opinião, a posição e a cultura do outro. A intenção é mostrar como a convivência entre diferentes tribos pode ser enriquecedora”, diz a emissora.

Confira o comunicado do Capitão Augusto:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.