Header Ads

Paris inaugura primeiro restaurante para nudistas

Tire o seu casaco… e tudo mais. O primeiro restaurante nudista de Paris acaba de abrir suas portas para a alegria dos adeptos a essa prática, antes restritos a praias e “campings”.

Em “O’Naturel”, uma grande cortina branca impede ver a vitrine deste restaurante voluntariamente dissimulado em uma rua tranquila no leste da capital. Somente o nome e um menu confirmam aos clientes que eles chegaram onde queriam.

Por trás desse projeto estão os gêmeos Mike e Stéphane Saada, de 42 anos, ex-funcionários do mundo dos seguros que não praticam nudismo.

Os dois irmãos dedicaram muito tempo a “compreender” os adeptos dessa prática depois de se darem conta de que existia uma demanda na França, o maior destino nudista do mundo.

Outras cidades já haviam se adiantado, abrindo este tipo de restaurantes, como Londres, Melbourne e Tóquio.

Stéphane Saada explica que embora se costume associar o nudismo às férias, “ninguém é nudista somente durante o verão”.

Saltos permitidos

Nesse estabelecimento, inaugurado no começo do mês, o cliente deixa a roupa – e o smartphone -, no guarda-roupa e fica somente com as sapatilhas oferecidas pela casa, exceto as mulheres que preferirem ficar em cima dos saltos.

“Nossa proposta é que se sintam confortáveis: quando entram na sala, são acompanhados até a mesa, e é garantido que ninguém está observando”, explica.


No salão de paredes azuis, as cadeiras são forradas com um tecido preto “de uso único”. Os dois gerentes servem as mesas vestidos, como obriga a lei.

G1

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.